Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Portas diz ser desejável uma redução do IRC para 17%

Diminuição "é um critério" para que os investidores decidam a favor de Portugal.
Lusa 28 de Maio de 2015 às 14:29
Paulo Portas justificou que com esta redução Portugal "será um dos melhores da Europa"
Paulo Portas justificou que com esta redução Portugal 'será um dos melhores da Europa' FOTO: Manuel de Almeida/Lusa

O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, disse esta quinta-feira que "o desejável" é uma redução do IRC para 17% e frisou que esta diminuição "é um critério" para que os investidores decidam a favor de Portugal e não contra.


"O IRC [imposto sobre as empresas] desceu de 25% para 23%, de 23% para 21%, e a meu ver o desejável é que se vá até ao limite do que a comissão [de acompanhamento da reforma do IRC] propunha [e que é uma redução para] 17%", disse Paulo Portas, no encerramento do 3.º Fórum Portugal Alemanha, promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian, Institute for European Politics (Berlim) e Instituto Português de Relações Internacionais.


Paulo Portas justificou que com esta redução Portugal "será um dos melhores da Europa".

Paulo Portas IRC
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)