Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Jerónimo sugere que sigam exemplo de partido livre do capital

Em resposta às críticas sobre o alargado património imobiliário.
2 de Dezembro de 2016 às 13:41
FOTO: Lusa

O secretário-geral do PCP sugeriu hoje aos adversários políticos que sigam o exemplo comunista de um partido livre do capital e do Estado, referindo-se às críticas sobre o alargado património imobiliário.

"Andam para aí alguns preocupadíssimos com o PCP... um grande proprietário! É verdade, camaradas, proprietários daquela Quinta do Cabo [da Marinha], daquela da Quinta da Atalaia, de centros de trabalho, de doações feitas livremente pelos militantes e amigos do partido", disse Jerónimo de Sousa, referindo-se ao recente alargamento dos terrenos da Festa do Avante, na Amora, Seixal, durante o XX Congresso, em Almada.

Através de uma campanha de angariação de fundos, o PCP conseguiu 1,2 milhões de euros em doações, entre outubro de 2014 e abril de 2016, para cobrir a compra por 950 mil euros dos novos sete hectares que ligam a Quinta da Atalaia à Amora e vista sobre a baía do Seixal.

"Façam como nós, vivam dos trabalhadores e do povo, dos militantes do partido, reforcem a sua ação e intervenção e capacidade financeira, fazendo como nós, libertos da pressão e submissão ao capital e ao Estado", vincou o líder comunista, definindo o PCP como "um partido independente, que quer fazer o melhor para o seu povo e seu país".

A propósito das alterações recentes ao código do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), responsáveis do CDS-PP, entre outros, criticaram o facto de o PCP beneficiar de isenções previstas na lei para os partidos políticos.

Seguiu-se uma das mais estrondosas ovações da manhã do primeiro de três dias de reunião magna dos comunistas - "PCP! PCP! PCP" -, por parte das cerca 3.000 pessoas presentes (delegados, militantes e convidados).

No relatório de gestão do PCP, o partido assume que recorreu a receitas extraordinárias, nomeadamente gestão de património, para obter um resultado líquido de 1,26 milhões de euros entre 2012-2015 e cobrir os défices registados no mesmo período, na ordem dos 1,82 milhões de euros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)