Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Peculato: Solicitador acusado

O Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa acusou um solicitador de execução de se apropriar ilicitamente de montantes penhorados entre 2006 e 2009. Segundo divulgou ontem o Ministério Público, o solicitador, acusado de peculato, fazia a transferência do dinheiro penhorado para a sua conta pessoal.
29 de Abril de 2011 às 00:14