Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Pelo menos 29 mortos nas Fiji devido a ciclone

Mais de 13 mil pessoas encontram-se em centros de abrigo.
Lusa 23 de Fevereiro de 2016 às 07:00
O ciclone Winston dirige-se agora a Vanuatu, outro país no Pacífico
O ciclone Winston dirige-se agora a Vanuatu, outro país no Pacífico FOTO: Emma Stadelmann/Reuters

Pelo menos 29 pessoas morreram nas Fiji e mais de 13 mil encontram-se em centros de abrigo após a passagem do ciclone Winston, informaram esta terça-feira meios de comunicação social locais.

"O número [de vítimas mortais] deverá subir, mas acreditamos que o aumento será pequeno", disse a porta-voz do Governo das Fiji Ewan Perrin, em declarações à Radio New Zeland.

O envio de assistência médica e de alimentos de primeira necessidade intensificou-se numa altura em que também se duplicam esforços com vista ao reabastecimento de energia elétrica, água e comunicações. O ciclone Winston passou pelas Fiji, este fim de semana, com ventos de 230 quilómetros por hora e rajadas de 325, acompanhado de intensas chuvas.

As Fiji têm uma população estimada em 810 mil habitantes, dos quais 87% reside nas ilhas de Viti Levu (oeste) e Vanua Levu (norte). Segundo o jornal The Fiyi Times, que cita fontes oficiais, os centros de abrigo montados para albergar os deslocados na região ocidental atingiram o ponto de saturação.

Só em acampamentos improvisados encontram-se mais de 13.350 pessoas, às quais se somam outros milhares nas zonas norte, central e sul.

Fotografias aéreas capturadas a bordo de aviões militares da Nova Zelândia, que oferece apoio ao Governo das Fiji, mostram povoações inteiras arrasadas pelo ciclone, o primeiro de categoria cinco (a máxima) a golpear o arquipélago.

O ciclone Winston dirige-se agora a Vanuatu, outro país no Pacífico.

Fiji ciclone
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)