Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Pena de cinco anos e meio para corredor ilegal

O Tribunal de Setúbal condenou esta sexta-feira a uma pena de prisão efectiva de cinco anos e seis meses, Neutel Mendes, o principal arguido no processo da corrida ilegal de automóveis em que morreram três pessoas, a 26 de Setembro de 2004, na ‘Recta do Picanço’, junto às portagens de Coina, no concelho de Palmela.
10 de Março de 2006 às 18:15
Neutel Mendes, de 23 anos, estava acusado de três crimes de homicídio voluntário, dois de ofensas à integridade física simples, um de condução perigosa e outro por condução sem habilitação própria.
O segundo arguido Carlos Fonseca, foi condenado a uma pena de dez meses de prisão acusado de participação nos crimes alegadamente cometidos por Neutel Mendes, e Marco Juvenal a um ano e dois meses, acusado dos crimes de condução sem habilitação própria e condução perigosa.
Ambos os arguidos ficam com pena suspensa mas sob a condição de pagarem uma verba à prevenção rodoviária: o primeiro de 2000 euros e o segundo de 1250. Estes dois arguidos terão ainda de prestar trabalho voluntário no serviço de politraumatizados, resultantes de acidentes de viação, do hospital do Outão durante o prazo de três meses.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)