Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Pena de morte para bombista

Um tribunal especializado em questões de terrorismo, na capital iemenita, Sana, condenou à morte Saleh al-Chaouch, um bombista da Al-Qaida, detido no Iémen quando se preparava para cometer um atentado.


18 de Outubro de 2010 às 09:45

Considerado pelo Iémen "um dos elementos mais perigosos da al-Qaida",  este iemenita, ao ouvir a sentença, gritou: "o vosso fim está próximo e  começará em Abyane", um dos bastiões da al-Qaida no sul do Iémen.  

Saleh al-Chaouch não disse se tenciona recorrer da sentença.   

Detido a 30 de janeiro, Chaouch, que era procurado desde 2008, confessou  ter participado em sete ataques da al-Qaida contra postos militares e petrolíferos  em Hadramout e em Marib, leste de Sana.    

"Os factos que me são imputados estão corretos. Fiz depoimentos na Procuradoria,  e eles estão corretos", disse na audiência de 09 de outubro.  

"Preparei e cometi estas operações de forma voluntária e sem coação,  em resposta a violações cometidas contra membros da rede pelos serviços  de informação e cooperação com os Estados Unidos", disse.  

Saleh al-Chaouch é também acusado de ter treinado bombistas suicidas  a pedido do chefe do Movimento da Al-Qaida na Península Arábica (AQPA),  Khaled Batarfi, que se encontra escondido na província de Marib, segundo  a acusação.  

Ver comentários