Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Pensa suspensa para suspeito de furto de viaturas

Um jovem foi condenado esta quarta-feira pelo Tribunal de Santarém a uma pena de um ano e três meses de prisão, com pena suspensa pelo mesmo período, por furto de um automóvel. O rapaz é suspeito de dezenas de crimes idênticos em Rio maior, Alpiarça e Nazaré.
4 de Março de 2009 às 12:21

O arguido esteve representado pela sua advogada na leitura do acordão e foi absolvido do crime de dano e furto, assim como outros dois jovens, segundo a juíza, por “dúvida”.

 

O caso remonta a Maio de 2007, quando os três arguidos foram identificados pela GNR na localidade de Fazendas de Almeirim, conselho de Almeirim, numa viatura furtada. Tratando-se de menores, nenhum deles estava legalmente habilitado a conduzir.

 

De acordo com o acordão, o principal arguido, que tinha apenas 16 anos aquando os acontecimentos, serviu-se de “uma colher de café cortada pela parte da concha” para abrir e accionar a viatura, avaliada em 8.500 euros e da qual ainda roubou o auto-rádio.

 

A juíza concluiu não existirem “provas directas”, mas sublinhou que as “provas indirectas” são “suficientes e inequívocas de que o arguido foi o autor do furto da viatura”, justificando assim a pena de prisão aplicada, com os seus antecedentes criminais, duas condenações por condução ilegal, e a “frequência com que é acusado de crimes contra o património”, excluindo, no entanto, a hipótese de inseri-lo no regime especial para jovens.  

 

Para além deste caso, o jovem é ainda arguido em outros processos no tribunal de Santarém e Rio Maior, pelo mesmo crime.   

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)