Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Pequim quer impedir envio de sangue para Hong Kong para saber sexo de bebés

Lusa 22 de Janeiro de 2015 às 12:13

A China iniciou uma campanha para impedir o envio de amostras de sangue de grávidas para laboratórios de Hong Kong, para conhecer o sexo do bebé, noticiou hoje o South China Morning Post (SCMP).

De acordo com o jornal, que cita uma circular do Governo chinês, divulgada na quarta-feira, 14 agências governamentais chinesas, incluindo o ministério da Segurança Pública e a Comissão de Planeamento Familiar, participam na campanha, que prevê a censura da publicidade a estes serviços e pesquisas sobre o assunto na Internet.

Hospitais e clínicas receberam indicações para aumentar a supervisão na recolha de sangue de grávidas, para excluir a possibilidade de se destinar a amostras de ADN, enquanto os postos limítrofes entre a China e a antiga colónia britânica terão que aumentar o controlo sobre este material.