Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Perturbação obsessivo-compulsiva no pós-parto afeta 15% das mulheres portuguesas

Lusa 4 de Setembro de 2019 às 13:57

Quinze por cento das mulheres portuguesas apresenta "sintomas clinicamente relevantes" de perturbação obsessivo-compulsiva (POC) no período pós-parto, conclui um estudo do Instituto de Psicologia Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, divulgado hoje.

O estudo decorreu no âmbito do projeto "Screening, prevention and early intervention in perinatal psychological distress - effectiveness of a new program in primary healthcare", financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

"Nos resultados da investigação destaca-se o facto de cerca de 15% das inquiridas terem pensamentos e comportamentos obsessivo-compulsivos de forma recorrente", refere uma nota da Universidade de Coimbra (UC).

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)