Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Peru decreta estado de exceção numa província

Medida prende-se com conflito relacionado com mina.
Lusa 11 de Fevereiro de 2017 às 02:00
Província de Cotabambas
Província de Cotabambas FOTO: Getty Images

O Peru decretou na sexta-feira o estado de exceção, durante 30 dias, na província de Cotabambas devido ao protesto de milhares de camponeses que exigem o cumprimento dos compromissos do consórcio que explora a mina Las Bambas.

Um decreto da presidência do Conselho de Ministros, publicado no diário oficial El Peruano, indica que durante o estado de emergência ficam suspensos os direitos relativos à liberdade e segurança individuais, inviolabilidade de domicílio e liberdade de reunião e de trânsito, prevendo a mobilização de militares para apoiar a Polícia Nacional do Peru na sua missão de manter a ordem interna na província.

As comunidades rurais próximas de Las Bambas -- o quarto maior depósito de cobre do mundo -- protagonizam desde segunda-feira uma paralisação, bloqueando as saídas da mina, para exigir ao Governo e à mineira cumpram uma série de solicitações negociadas desde 2015.

Um dos pedidos passa por asfaltar a estrada pela qual passam diariamente centenas de camiões de grande tonelagem com o material extraído da mina, o que gera nuvens de poeira e poluição sonora que afeta os habitantes daquela região.

Os agricultores sustentam, além disso, que a estrada foi construída pela mineira em terrenos comunitários sem que tenha pedido autorização às comunidades de camponeses.

O conflito arrasta-se desde 2015, quando foram registados violentos protestos depois de a mineira ter cancelado a construção de uma conduta de 206 quilómetros para o transporte do minério até à província vizinha de Espinar (Cuzco), optando antes por transportar o cobre em camiões.

Até ao momento, os protestos resultaram em quatro mortes (três em setembro de 2015 e uma em outubro) durante confrontos com a Polícia Nacional do Peru.

Las Bambas, a mais de 4.000 metros de altitude, no sul do Peru, detida pelo grupo australiano-chinês MMG, contém reservas de 7,2 milhões de toneladas de cobre e 12,6 milhões de toneladas de recursos minerais, pelo que o MMG prevê produzir dois milhões de toneladas de cobre concentrado nos próximos cinco anos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)