Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Pescadores entregam manifesto

O representante dos pescadores de Caxinas vai entregar uma carta a reclamar mais meios de vigilância e socorro no mar ao Presidente da República, primeiro-ministro e ministros da Defesa e Pescas. O manifesto é assinado por vários presidentes de câmara, de juntas de freguesia, associações de armadores e sindicatos do sector.
4 de Janeiro de 2007 às 10:29
Em declarações à 'TSF', o mestre José Festas, que preside a uma comissão designada "Pró-segurança maior dos homens do mar", criada após o naufrágio da embracação embarcação de pesca "Luz do Sameiro", sexta-feira na Nazaré, disse "não ter vontade de falar com ninguém e que pretende apenas que o documento seja entregue em mãos". Os pescadores a par de vários responsáveis autárquicos, sindicais e do sector pesqueiro, têm responsabilizado o Estado pela tragédia e exigido novos e mais meios aéreos e navais para evitar situações que se repetem quase todos os anos.
O representante de Caxinas foi hoje recebido por Abílio Morgado assessor para a Segurança Nacional do Presidente da República, mas recusou-se a entregar o manifesto reiterando a intenção de o entregar pessoalmente a Cavaco Silva. "Fui muito bem recebido, mas desde que não deixe os documentos não vou satisfeito", disse o mestre José Festas salientando que, se não conseguir entregar a petição realizará um plenário da comissão para "tomar medidas", que poderão "passar por uma manifestação solidária com o povo do mar".
Dos sete tripulantes que se encontravam a bordo do pesqueiro três morreram, tendo milhares participado ontem no funeral para o último adeus a José Viana, Ricardo Marques e Fernando Cartucho. Apenas um pescador, de nacionalidade ucraniana, foi salvo, sem ferimentos, enquanto os outros três continuam desaparecidos.
A Força Aérea Portuguesa (FAP) e a Marinha enviaram, na quarta-feira, ao ministro da Defesa, Nuno Severiano Teixeira, os relatórios da sua participação nas operações de salvamento, que indicam que as circunstâncias factuais do acidente e o modo de funcionamento do sistema de busca e salvamento (rede de satélites, meios aéreos e navais) terão tornado praticamente impossível acudir mais depressa ao local.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)