Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Petroleiro não entra em águas portuguesas

O superpetroleiro francês avariado ao largo de Sines não vai entrar em águas portuguesas, sendo reparado em alto mar, a 14 milhas da costa, onde se encontra, nos próximos três ou quatro dias.
22 de Dezembro de 2007 às 15:21
A causa e extensão das avarias do petroleiro “New Vision” foram este sábado avaliadas por equipa de peritos da autoridade marítima e da Autoridade de Controlo de Tráfego Marítimo.
Os especialistas confirmaram no local que não houve qualquer rombo no casco, mas sim um alagamento que causou o desaparecimento de uma escotilha no paiol, durante a tempestade que o petroleiro atravessou no Mar do Norte.
O “New Vision”, que transporta a bordo 300 mil toneladas de crude, afastou-se da sua rota quando fazia a ligação entre a Noruega e o Canadá.
Após as reparações, o petroleiro deve seguir para mar alto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)