Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Pilha de brinquedo presa no nariz de criança durante cinco meses

Menina desenvolveu vários problemas de saúde como infecções nos ouvidos e dor de cabeça constante.
16 de Julho de 2017 às 18:50
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz
A pequena Kelsie ficou cinco meses com a bateria no nariz

Kelsie, de sete anos, de Midlands, Inglaterra, estava a brincar quando, acidentalmente, colocou a pilha de um brinquedo no nariz. A bateria ficou alojada durante cinco meses e queimou-lhe parte do septo.

A mãe da criança, Kerrie Heath, de 39 anos, revelou que Kelsie poderá precisar de cinco operações nos próximos 15 anos, e que "após várias viagens ao hospital, a bateria foi detetada num raio-X".

Kelsie já fez a operação para remover a bateria, mas prevê-se mais quatro ou cinco cirurgias para reparar os danos causados.

Kerrie contou ao The Metro que "a primeira cirurgia passará por reconstruir a cartilagem do nariz". Contudo, os médicos preferem esperar até que a menina seja mais velha.

O nariz danificado de Kelsie teve um impacto doloroso na sua vida quotidiana, uma vez que tem frequentemente dores de cabeça, infecções nos ouvidos e hemorragias nasais.

Para além disto, a audição ficou bastante afectada e a criança perdeu bastante peso, por ter falta de apetite.

A mãe da jovem acrescentou que "na escola, as crianças têm sido pouco simpáticas com Kelsie, devido ao estado do nariz, o que é obviamente perturbador".

"Ela está muito entusiasmada por ter um nariz novo, mas os médicos não podem garantir que a dor desapareça imediatamente", conta Kerrie.

Inglaterra Kelsie Midlands Kerrie Heath The Metro saúde artes cultura e entretenimento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)