Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

PJ detém director de farmácia por burla

A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal deteve esta semana um director técnico de uma farmácia, suspeito de ter burlado o Estado português em cerca de um milhão de euros, através do Serviço Nacional de Saúde (SNS), segundo a edição online desta quinta-feira do jornal ‘Expresso’.
19 de Julho de 2007 às 10:12
Segundo o jornal, o alegado esquema consistia na emissão de recitas falsas de modo a obter a posterior comparticipação por um medicamento que não foi vendido.
A investigação está a decorrer há três anos, informa ainda o ‘Expresso’, acrescentando que para além da detenção, a PJ de Setúbal procedeu à realização de várias buscas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)