Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

PJ detém ladrões de deficientes

A Polícia Judiciária anunciou esta quinta-feira a detenção de cinco pessoas suspeitas de apropriação ilegítima em "dois importantes organismos de Solidariedade Social" vocacionadas para apoio a deficientes, que recebem subsídios do Estado.
14 de Julho de 2005 às 15:16
Quatro dos detidos exerciam "funções de gestão" naqueles organismos e estão indiciados pelos crimes de peculato, falsificação de documentos, fraude na obtenção e desvio de subsídios e burla, diz um comunicado da PJ. O montante global dos subsídios detectado é de cerca de um milhão de euros, segundo a PJ.
Os suspeitos detidos procediam à falsificação de documentos justificativos de "pseudo acções de formação", obtendo assim quantias ilícitas que suportavam contas bancárias com função de "saco azul".
Os arguidos foram hoje presentes ao juiz de instrução para interrogatório e aplicação de medidas de coacção.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)