Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

PM quer 450 ME nas empresas até final do ano e "grande reforma" na floresta

Lusa 22 de Setembro de 2016 às 17:06

O primeiro-ministro afirmou hoje querer canalizar mais de 450 milhões de euros em fundos comunitários para apoio ao investimento das empresas portuguesas até final do ano, no debate parlamentar quinzenal.

António Costa, em resposta ao líder comunista Jerónimo de Sousa, anunciou ainda um Conselho de Ministros específico sobre o tema das florestas para "finais de outubro", visando uma "grande reforma" do setor.

"Demos prioridade à criação de condições de investimento, desde logo através dos fundos comunitários. Quando tomámos posse, tinham chegado às empresas quatro milhões de euros de fundos. Definimos uma prioridade. Nos primeiros 100 dias, têm de estar 100 milhões. Hoje, estão quase 300 milhões de euros nas empresas para apoiar o investimento. Vamos querer chegar ao final do ano ultrapassando os 450 milhões de euros de apoio às empresas", disse o líder do executivo.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)