Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

PM são-tomense rejeita críticas do Presidente e acusa-o de encobrir atos de ex-governantes

Lusa 10 de Abril de 2019 às 22:27

O primeiro-ministro são-tomense, Jorge Bom Jesus, rejeitou hoje "categoricamente" críticas do Presidente sobre uma "premeditada tentativa de subversão da ordem constitucional" e de "deslealdade institucional", acusando o chefe de Estado de "encobrir atos" de governantes anteriores.

"É surpreendente a declaração do chefe de Estado, que acusa o Governo de deslealdade institucional e de premeditada tentativa de subversão da ordem constitucional, afirmação que o Governo rejeita categoricamente", disse hoje o primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, numa comunicação ao país.

O chefe do Governo considerou as declarações desta terça-feira do Presidente, Evaristo Carvalho, como a "única saída para encobrir atos e responsabilidades de dirigentes que usam indevidamente o erário publico, aumentando a sua riqueza pessoal enquanto o povo continua na miséria".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)