Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

PM afirma que "postura exigente" para a Grécia não é tentativa derrubar Governos

Lusa 2 de Março de 2015 às 14:06

O primeiro-ministro disse hoje que a "postura exigente" de Portugal para a Grécia cumprir as suas obrigações não pode "a nenhum título" ser considerada como uma tentativa de derrubar ou conspirar contra Governos.

"O facto de sermos exigentes, como outros governos europeus foram exigentes, quanto à necessidade de o Governo grego manifestar de forma muito clara a sua vontade de cumprir com as responsabilidades que foram contraídas pela Grécia no passado é um dever de exigência natural", afirmou o líder do executivo de maioria PSD/CDS-PP, Pedro Passos Coelho.

Por isso, sublinhou, "não pode ser considerado a nenhum título como uma tentativa de derrubar Governos ou de conspirar contra Governos ou qualquer coisa dessa natureza" e a "postura exigente de Portugal" deve-se apenas à necessidade de existir clareza quanto às obrigações que são contraídas quando se pede dinheiro emprestado ou ajuda externa.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)