Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

PM australiano diz que se justifica "força extrema" contra Estado Islâmico

Lusa 2 de Setembro de 2014 às 04:30

O primeiro-ministro australiano, Tony Abbott, defendeu hoje que o uso da "força extrema" se justifica no combate aos militantes do Estado islâmico.

A Austrália vai, "nos próximos dias", juntar-se ao aliado norte-americano num esforço internacional para transportar armas para as forças curdas que combatem os extremistas do Estado Islâmico no norte do Iraque.

O país oceânico também tem realizado entregas de ajuda humanitária por via aérea para a cidade sitiada de Amerli.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)