Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

“Pode ser a experiência ou a irreverência a decidir”

O treinador do Sporting, Jesualdo Ferreira, espera que a irreverência da sua equipa seja superior à experiência do FC Porto, no clássico da 21.ª jornada da I Liga, no sábado.
1 de Março de 2013 às 18:29
Jesualdo Ferreira sublinhou que erros dos últimos jogos não se podem repetir
Jesualdo Ferreira sublinhou que erros dos últimos jogos não se podem repetir FOTO: Manuel de Almeida/Lusa

"O FC Porto é uma equipa que, quando está em primeiro lugar e o objetivo é claro, encara jogo com uma atitude competitiva muito intensa e séria. O FC Porto tem mecanismos assimilados pelos jogadores e vai jogar nesses fatores fortes que tem, sabendo que do outro lado tem uma equipa com irreverência, qualidade e velocidade", disse em conferência de imprensa.

Jesualdo Ferreira afirmou que a partida de sábado é importante para o Sporting, por ser um clássico e para "testar a competência e produção" da equipa, apesar de lembrar que vai defrontar o atual campeão e equipa que lidera o campeonato, com 30 pontos de avanço sobre o Sporting, 11.º classificado.

"O que vai ser tónica do jogo é a capacidade das duas equipas de se manterem lúcidas e serenas, com um grande controlo emocional. Pode ser a experiência a decidir ou a irreverência a decidir. Quero que seja a nossa, que é querer muito ganhar e passar uma mensagem para o exterior de que é uma equipa nova, mas que tem grande talento", explicou.

Sobre as palavras de Jorge Jesus, que disse que o FC Porto ia defrontar uma equipa B do Sporting, e a resposta de Vítor Pereira, que criticou o treinador do Benfica por desvalorizar os leões, Jesualdo Ferreira escusou-se a tecer comentários e frisou que o jogo é do Sporting com o FC Porto e que o adversário sabe que não pode falhar.

"O Sporting tem de aproveitar o jogo, independentemente dos fatores motivacionais. São duas áreas diferentes, para nós a motivação é grande e para o FC Porto é mais controlada, pois sabe que não pode falhar", defendeu.


Jesualdo Ferreira disse que é nestes jogos grandes que "as equipas se formam e tornam fortes", afirmando que "são jogos de reis em que todos querem jogar, participar e fazer o melhor possível".

O técnico do Sporting afirmou ainda que a equipa tem sofrido golos nos últimos jogos que não se podem repetir, por erros do grupo, mas lembrou que tem faltado também alguma felicidade.

Sobre os marcadores de penaltis, Jesualdo Ferreira disse que existem "três ou quatro jogadores, em que está incluído o Wolfswinkel, com qualidade técnica e emocional para marcar um penalti".

Em relação aos adeptos do Sporting, o técnico afirmou que vão estar mais interessados em apoiar a equipa do que em assobiar o adversário, em especial no caso de antigos jogadores do clube.

"Os adeptos do Sporting vão apoiar a equipa. Pode haver aqui ou ali uma assobiadela, que até é giro para o espetáculo, mas o que vão fazer é apoiar a equipa", concluiu.

O jogo no Estádio José Alvalade está marcado para as 19h45 de sábado e será arbitrado por Paulo Baptista, de Portalegre.

jesualdo ferreira sporting treinador fc porto alvalade clássico liga
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)