Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Polícia angolana usa gás lacrimogéneo para dispersar protesto contra propinas

Lusa 26 de Outubro de 2019 às 16:16

A polícia angolana dispersou hoje com bombas de gás lacrimogéneo mais de 200 estudantes e ativistas que se manifestavam, em Luanda, contra a pretensão do Governo de cobrar propinas no ensino superior regular, a partir de 2020.

A manifestação "Propina Not" ou "Propina Não" juntou no Largo das Heroínas mais de duas centenas de jovens, que empunhados de cartazes repudiavam a intenção do Governo angolano em passar a cobrar propinas no ensino universitário.

"Os pobres não devem pagar pela má gestão dos recursos públicos do país", "não temos dinheiro para pagar as propinas", "não fomos nós quem saqueou o país" e "diga não à elitização do ensino superior", lia-se nos cartazes dos manifestantes.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)