Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Polícia angolana bloqueia acesso ao Largo da Independência

Jovens angolanos protestam contra as alterações à Lei da Nacionalidade.
Lusa 11 de Outubro de 2014 às 15:29
Em causa está uma proposta de alteração à Lei da Nacionalidade, com 26 modificações
Em causa está uma proposta de alteração à Lei da Nacionalidade, com 26 modificações FOTO: Getty Images

O acesso ao Largo da Independência, no centro de Luanda, Angola, foi este sábado bloqueado por algumas dezenas de agentes da Polícia Nacional, travando desta forma uma manifestação de jovens angolanos que pretendiam contestar as anunciadas alterações à Lei da Nacionalidade.

A manifestação, convocada pelo Movimento Revolucionário, estava agendada para as 13h00 (mesma hora em Lisboa) deste sábado, mas desde a manhã que se começou a concentrar, no local do protesto, um forte dispositivo policial, constatou a Lusa.

Em causa está uma proposta de alteração à Lei da Nacionalidade, contendo 26 modificações, enviada em julho à Assembleia Nacional pelo Presidente angolano, José Eduardo dos Santos. 

Com esta proposta apresentada ao parlamento, o Presidente passa a ter a faculdade de conceder a nacionalidade angolana, por naturalização, a estrangeiros que tenham prestado ou sejam chamados a prestar serviços relevantes ao Estado, estando apenas, de forma geral, consagrada a necessidade de conhecimento suficiente da língua portuguesa. 


"Querem fazer uma nova colonização de Angola e nós não aceitamos", criticou Adolfo Campos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)