Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Polícias acusados no caso da Cova da Moura conhecem acórdão a 30 de abril

Julgamento teve mais de 30 sessões e foram ouvidas perto de uma centena de testemunhas.
Lusa 26 de Fevereiro de 2019 às 17:59
Esquadra da PSP de Alfragide
PSP de Alfragide
Esquadra da PSP de Alfragide
Esquadra da PSP de Alfragide
PSP de Alfragide
Esquadra da PSP de Alfragide
Esquadra da PSP de Alfragide
PSP de Alfragide
Esquadra da PSP de Alfragide

O Tribunal de Sintra marcou esta terça-feira para 30 de abril o acórdão do julgamento dos 17 agentes da PSP da Esquadra de Alfragide, Amadora, acusados de agressões e insultos racistas a seis jovens da Cova da Moura, em 2015.

O coletivo de juízes, presidido por Ester Pacheco, agendou a leitura do acórdão do julgamento - que teve mais de 30 sessões e no qual foram ouvidas perto de uma centena de testemunhas - para as 14h00 de 30 de abril, após a conclusão das alegações finais.

Nas alegações finais, a defesa pediu a absolvição dos 17 arguidos de todos os crimes que estão acusados, enquanto o procurador do Ministério Público (MP) Manuel das Dores deixou cair as acusações de racismo e tortura, considerando que os arguidos não agiram com "ódio racial".

Tribunal de Sintra PSP Moura Cova Esquadra Alfragide Amadora Ester Pacheco julgamentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)