População de S. Pedro da Cova, Gondomar, "alarmada" exige remoção de resíduos perigosos

Por Lusa|10.11.16
  • partilhe
  • 3
  • +

O presidente da Junta de São Pedro da Cova, Gondomar, afirmou hoje que a população está "alarmada" face ao "atraso" na remoção definitiva dos resíduos perigosos e avançou que vai "exigir respostas" do Governo e da Presidência da República.

"Ainda hoje seguirão novas cartas para o Ministério do Ambiente e para o senhor Presidente da República. É urgente uma resposta à população de São Pedro da Cova. É urgente a calendarização do processo e a concretização da remoção definitiva. Este é um problema para o qual a população de São Pedro da Cova em nada contribuiu", disse o presidente da União de Freguesias de Fânzeres/São Pedro da Cova, Daniel Vieira.

O autarca referiu que foi com "surpresa e muita preocupação" que soube hoje das declarações do ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, que em resposta a deputados das comissões de Orçamento e Finanças, Ambiente e Economia da Assembleia da República, admitiu não ter uma solução para o problema.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!