Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Populares das Lundas contam abusos na exploração diamantífera angolana

Lusa 14 de Maio de 2015 às 17:33

Populares das províncias diamantíferas das Lundas, no interior norte de Angola, viajaram mais de doze horas para testemunhar hoje no tribunal de Luanda alegados casos de violação dos direitos humanos cometidos na exploração de diamantes.

Em causa está o julgamento opondo generais angolanos ao jornalista e ativista Rafael Marques, que denunciou estes casos publicamente, o qual reiniciou hoje no Tribunal Provincial de Luanda, decorrendo à porta fechada.

O processo envolve oito testemunhas arroladas, das quais quatro das Lundas, indicadas pela defesa de Rafael Marques, como o "rei" de Capenda-Camulemba, Miji Fidel Muleleno, que explicou à Lusa, ainda no tribunal, a situação vivida naquela região.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)