Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

PortoLazer reformula caderno de encargos e adia por 3 meses concessão do Rosa Mota

Lusa 2 de Março de 2015 às 14:36

A empresa municipal Porto Lazer, presidida por Rui Moreira, prorrogou por quase três meses o concurso do Pavilhão Rosa Mota, depois de alterar o caderno de encargos para limitar a instalação de um centro de congressos ao edifício.

A deliberação, a que a Lusa teve hoje acesso, foi tomada na sexta-feira, um dia depois de a Lusa ter noticiado que o concurso estava suspenso desde 18 de fevereiro devido ao pedido de impugnação de uma empresa, e após fonte oficial da Câmara do Porto dizer na segunda-feira, dia 23, que o prazo tinha sido alargado.

A prorrogação, decidida na sexta-feira e formalizada na plataforma eletrónica de compras públicas às 12:56, é justificada pela Porto Lazer com uma avaliação do júri do concurso datada de 19 de fevereiro, que considerou "equívoca" e passível de "suscitar dúvidas nos interessados" a redação "de algumas das definições" das peças do procedimento.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)