Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Portugal disponível para apoiar força internacional, com CPLP e mandato ONU

Portugal e Espanha, através do primeiro-ministro Mariano Rajoy, são os dois únicos países europeus presentes na cimeira da Guiné Equatorial.

26 de Junho de 2014 às 18:43

Portugal pediu esta quinta-feira na cimeira da União Africana, em Malabo, Guiné Equatorial, o alargamento da "força de estabilização internacional" na Guiné-Bissau, com mandato das Nações Unidas e envolvendo a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), incluindo Portugal.

"É necessária uma força de estabilização internacional que deve ser um alargamento da existente" para a Guiné-Bissau, envolvendo "países das imediações e a CPLP, com um mandato da ONU", afirmou o secretário de Estado português dos Negócios Estrangeiros, Luís Campos Ferreira que está em Malabo.

Guiné-Bissau Portugal disponível apoiar força internacional CPLP ONU
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)