Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Portugal e outros 8 países da UE continuam com salários abaixo de 2010 apesar da retórica da retoma - CES

Lusa 19 de Março de 2018 às 11:13

Portugal é um dos nove Estados-membros da União Europeia onde os trabalhadores continuam a ganhar menos do que antes da crise, "apesar de toda a conversa sobre a retoma económica", denuncia hoje a Confederação Europeia de Sindicatos (CES).

Apoiando-se em dados contidos num relatório hoje publicado pelo Instituto Sindical Europeu sobre o mercado laboral na Europa, o CES aponta que há nove países na UE onde os trabalhadores ganharam menos em 2017 do que ganharam em 2010 - Itália, Reino Unido, Espanha, Bélgica, Grécia, Portugal, Finlândia, Croácia e Chipre -, sendo que em seis deles os salários em 2017 foram inferiores aos de 2016 (Portugal, Croácia e Chipre são as exceções).

Segundo os dados do Instituto Sindical Europeu -- que estima os "salários reais" tendo em conta o aumento do custo de vida -, os salários reais recuaram 8,3% em Portugal entre 2010 e 2017, tendo conhecido um aumento "muito modesto", de 0,1%, entre 2016 e 2017. Portugal esteve sob programa de assistência financeira entre 2011 e 2014.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)