Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Portugal teve a segunda taxa de natalidade mais baixa da UE em 2016 - Eurostat

Lusa 10 de Julho de 2017 às 11:00

Portugal registou no ano passado a segunda taxa de natalidade mais baixa entre os 28 Estados-membros da União Europeia (UE) e foi um dos países cuja população diminuiu, de acordo com as primeiras estimativas sobre população hoje publicadas pelo Eurostat.

De acordo com os dados do gabinete oficial de estatísticas da UE, Portugal teve em 2016 cerca de 87 mil nascimentos -- o que representa uma taxa de 8,4 nascimentos por cada 1.000 habitantes, a segunda mais fraca da UE, apenas à frente de Itália, com 7,8), contra 110 mil óbitos (uma taxa de 10,7 mortes por cada milhar de habitantes), tendo visto a sua população total recuar de 10,341 milhões em 01 de janeiro de 2016 para 10,309 milhões em 01 de janeiro de 2017, o que representa exatamente 2% da população comunitária.

O Eurostat sublinha que se registou um aumento da população da UE, de 510,3 milhões em 01 de janeiro de 2016 para 511,8 milhões em 01 de janeiro de 2017, mas registou-se sensivelmente o mesmo número de nascimentos e de óbitos (5,1 milhões), o que significa que a variação natural da população da União foi neutra e a variação demográfica positiva, de mais 1,5 milhões de habitantes, se deve ao saldo migratório.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)