Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

"Portugueses" de Malaca guardam memórias em museu

Espaço de exposição recebe pessoas de todo o mundo.
Lusa 15 de Dezembro de 2015 às 09:00
Malaca foi tomada por Afonso de Albuquerque em 1511
Malaca foi tomada por Afonso de Albuquerque em 1511 FOTO: Andreia Nogueira/ Lusa

Um museu preserva, desde há três anos, a memória portuguesa num canto de Malaca, a cidade que Afonso de Albuquerque conquistou e cuja lenda ainda sobrevive 500 anos depois da sua morte.

A comunidade de descendência portuguesa de Malaca, iniciada após a tomada da cidade por Afonso de Albuquerque em 1511, está a divulgar as memórias da sua ligação a Portugal num museu que sobrevive do voluntariado.

Há três anos, Christopher De Mello, juntamente com Jerry Alcântara, decidiu pegar num museu antigo que tinha "apenas fotografias" e transformá-lo num espaço de exposição de memórias que hoje recebe pessoas de todo o mundo.

Afonso de Albuquerque Portugal Malaca questões sociais artes cultura e entretenimento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)