Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Portugueses no Burkina Faso estão recolhidos em casa

O Presidente do Burkina Faso, Blaise Compaoré, decretou esta quinta-feira o estado de emergência no país.
Lusa 30 de Outubro de 2014 às 20:06
Manifestantes invadiram o Parlamento no Burkina Faso
Manifestantes invadiram o Parlamento no Burkina Faso FOTO: Joa Penney / Reuters

As duas dezenas de portugueses residentes na capital do Burkina Faso encontram-se bem e optaram por seguir as recomendações do governo local para permanecer em casa, após os tumultos dos últimos dias.

"As coisas estão tranquilas e há recolher obrigatório", afirmou à Lusa uma das portuguesas expatriadas no país.

O Presidente do Burkina Faso, Blaise Compaoré, decretou esta quinta-feira o estado de emergência no país e dissolveu o governo, em reação a protestos em massa sem precedentes contra uma revisão constitucional desenhada para prolongar o mandato presidencial.

Burkina Faso Blaise Compaoré portugueses casa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)