Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Presidente angolano quer avaliar participações do Estado em bancos

Participação do estado africano no capital do BCP é um dos ativos a analisar.
Lusa 5 de Janeiro de 2018 às 12:14
 João Lourenço, Presidente de Angola
 João Lourenço, Presidente de Angola
João Lourenço, Presidente de Angola
 João Lourenço, Presidente de Angola
 João Lourenço, Presidente de Angola
João Lourenço, Presidente de Angola
 João Lourenço, Presidente de Angola
 João Lourenço, Presidente de Angola
João Lourenço, Presidente de Angola

O Presidente angolano, João Lourenço, ordenou uma avaliação às participações detidas pelo Estado ou empresas públicas em bancos nacionais e estrangeiros, incluindo o Millennium BCP, a realizar por um grupo de trabalho liderado pelo ministro das Finanças.

Para o efeito, conforme despacho presidencial de final de dezembro a que a Lusa teve acesso esta sexta-feira, o chefe de Estado criou um grupo de trabalho que tem 45 dias para, igualmente, efetuar um "diagnóstico de avaliação" às instituições financeiras bancárias públicas e para "definir uma metodologia para a reestruturação" das mesmas.

Este grupo de trabalho, liderado pelo ministro Archer Mangueira, vai igualmente "proceder à avaliação de todas as participações sociais detidas pelo Estado, empresas públicas ou empresas de domínio público em instituições financeiras bancárias nacionais e estrangeiras", determina o despacho.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)