Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

PR salienta solidariedade dos portugueses em momento dramático

Chefe de Estado irá assistir ao particular com a Bélgica.
Lusa 29 de Março de 2016 às 19:46
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: David Martins/Correio da Manhã

O Presidente da República disse esta terça-feira que o particular de futebol entre Portugal e a Bélgica será um jogo pela defesa dos princípios comuns dos cidadãos e uma manifestação da solidariedade do povo português com os belgas.

"O Estado português veio aqui dizer, e eu em particular em nome dos portugueses, da nossa amizade e solidariedade com o povo belga, num momento particularmente dramático da sua vida, que é sua, mas que é também a vida da Europa e do mundo", defendeu Marcelo Rebelo de Sousa em declarações à RTP.

Para o presidente da República, o Portugal-Bélgica, que acontece esta terça-feira no estádio Municipal de Leiria, é mais do que um jogo de futebol. "É um jogo de amizade, da defesa dos princípios que são as causas comuns", completou.

"A adesão dos portugueses que aqui vão estar significa isso também: que estamos perante um espetáculo desportivo, mas também perante uma grande manifestação humana, de quem não se intimida, não tem medo, que defende as suas causas", destacou ainda.

Chefe de Estado elogia a FPF
Marcelo Rebelo de Sousa considerou que a lotação esgotada do encontro particular, que inicialmente estava marcado para Bruxelas, antes dos atentados que mataram mais de três dezenas de pessoas, é sinal de que o povo português percebeu a mensagem.

"Quando aqui está o Presidente da República e todos os órgãos de soberania quer dizer que estamos aqui a representar os portugueses e a dizer da nossa admiração e solidariedade com o povo belga na luta pela democracia, liberdade, direitos humanos, por aquilo que é fundamental", prosseguiu.

O chefe de Estado português teve ainda uma palavra de apreço para a Federação Portuguesa de Futebol, elogiando o mérito da entidade em assegurar que o jogo seria realizado em Leiria, de modo a dar "um exemplo ao mundo".

"Não nos podemos intimidar, temos de continuar a vida normalmente", defendeu.

O Presidente da República prometeu ainda visitar o balneário da seleção nacional após o encontro, uma vez que os jogadores demonstraram estar a vibrar "em uníssono com o povo português por uma causa que é fundamental", sobretudo tendo em conta que daqui a poucos meses estarão em França, no Europeu, numa situação que definiu como sendo "de risco".

Marcelo Rebelo de Sousa Portugal Bélgica Leiria
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)