Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Presidente do BES Angola garante situação "perfeitamente sustentável" no banco

O capital do BESA é detido em 55,7 por cento pelo Banco Espírito Santo português.
26 de Junho de 2014 às 19:05

O presidente da Comissão Executiva do Banco Espírito Santo Angola (BESA), Rui Guerra, afirmou hoje, em Luanda, que aquela instituição é "perfeitamente sustentável" e que as notícias sobre o crédito malparado "não fazem sentido".

"A situação é perfeitamente sustentável. O banco tem um rácio de transformação [proporção entre créditos e depósitos] elevado, que temos de facto de diminuir, temos vindo a diminuir, a tomar uma série de medidas que leva a que o banco esteja numa fase perfeitamente estável, sem qualquer tipo de problema", disse Rui Guerra.

O responsável, que falava à margem do IV Fórum Banca promovido pelo jornal "Expansão", quando questionado pelos jornalistas sobre notícias que dão conta de crédito malparado que pode atingir os 5,7 milhões de dólares (4,1 milhões de euros), alegadamente concedido durante a gestão de Álvaro Sobrinho, o atual administrador desvalorizou o facto.

Presidente BES Angola sustentável banco
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)