Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Presidente Guebuza acusa líder da Renamo de inventar problemas à custa dos moçambicanos

7 de Junho de 2014 às 15:05

O Presidente de Moçambique acusou o líder da Renamo de inventar problemas para satisfazer os seus interesses pessoais à custa dos moçambicanos e disse que os homens armados da oposição "acordam todos os dias para matar os seus irmãos".

Na conferência de imprensa que encerrou, na sexta-feira, a visita de Estado à Irlanda, Armando Guebuza referiu-se à grave crise política e militar em Moçambique, afirmando que o líder da Renamo (Resistência Nacional Moçambicana), Afonso Dhlakama, é o "criador de problemas" e mantém "uma agenda diferente dos outros moçambicanos".

"Quando eu estava a negociar a paz em Roma com Dhlakama [entre 1990 e 1992], ele dizia que lutava pela democracia em Moçambique. No entanto, ele hoje nem quer que possamos ter eleições e está a fazer tudo para que não haja eleições", declarou o Presidente moçambicano, a propósito dos ataques diários que a Renamo tem realizado no centro do país e do impasse negocial com o Governo, ameaçando a votação (presidenciais, parlamento e assembleias provinciais) prevista para 15 de outubro.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)