Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Presidente do BESA queixa-se de "tsunami vindo de outras paragens"

Lusa 30 de Outubro de 2014 às 17:25

O presidente da comissão executiva do Banco Espírito Santo Angola (BESA), Rui Guerra, admitiu numa mensagem de despedida aos colaboradores que a instituição foi "embrulhada" num "tsunami vindo de outras paragens" e "impossível de vencer".

A posição surge numa mensagem de correio eletrónico que Rui Guerra dirigiu, cerca das 21:00 de quarta-feira - após a Assembleia-Geral (AG) extraordinária que ditou a alteração da estrutura acionista da instituição -, aos colaboradores, que denominou de "grande equipa BESA".

Rui Guerra esteve em funções 18 meses, substituindo no cargo o angolano Álvaro Sobrinho, tendo assumido nesta mensagem, a que a Lusa teve hoje acesso em Luanda, o "fechar deste último ciclo", que representou "um desafio tremendo de dificuldades".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)