Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Filipe Nyusi diz que não se vai "ajoelhar" à Renamo

Presidente de Moçambique diz que qualquer moçambicano tem a obrigação de trazer paz ao país.
23 de Abril de 2015 às 11:31
Filipe Nyusi, presidente de Moçambique
Filipe Nyusi, presidente de Moçambique FOTO: António Silva/EPA

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, disse que não gostaria de se "ajoelhar" para pedir a paz, numa alusão à Renamo, principal partido de oposição, frisando que a manutenção da estabilidade é uma obrigação de todos os moçambicanos.

"Não gostaria de pedir, ajoelhar, a um outro moçambicano, 'quero paz', porque esse moçambicano, qualquer um de nós, tem a obrigação de trazer paz para este país", afirmou Nyusi, na quarta-feira, durante um comício no distrito de Marracuene, província de Maputo, sul do país, no âmbito da presidência aberta que realiza à região.

O chefe de Estado moçambicano exortou o país a preservar a estabilidade, defendendo que as diferenças de opinião não devem pôr em causa a paz.

Filipe Nyusi chefe de Estado presidente Moçambique ajoelhar pedir paz
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)