Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Primeira lei do Governo grego visa combate à crise humanitária da pobreza

Governo quer oferecer aos mais pobres eletricidade gratuita até um máximo de 300 quilowatts por hora.
Lusa 2 de Março de 2015 às 12:05
O primeiro-ministro grego Alexis Tsipras
O primeiro-ministro grego Alexis Tsipras FOTO: EPA

O Governo grego vai apresentar esta segunda-feira a sua primeira lei, focada no combate ao que chama de crise humanitária e na melhoria das condições de vida de 300 mil pessoas que vivem abaixo do limiar da pobreza.

O objetivo da lei é oferecer aos mais pobres eletricidade gratuita até um máximo de 300 quilowatts por hora durante o mês e subsídios para pagar o aluguer de 300 mil habitações, sendo que cada pessoa terá direito a uma subvenção estatal de 70 euros por mês, que pode ir até ao máximo de 220 euros mensais para as famílias numerosas.

O pagamento da subvenção será feito diretamente ao proprietário da habitação para evitar qualquer tipo de abusos, explica a agência de notícias espanhola Efe, que acrescenta que a lei prevê a disponibilização de senhas de alimentos para 300 mil famílias, que receberão um crédito semanal com o qual poderão comprar comida.

Governo grécia lei crise humanitária pobreza
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)