Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Primeiros homens modernos ibéricos queimavam ossos de animais para se aquecerem

Lusa 17 de Dezembro de 2017 às 11:33

Os primeiros homens modernos ibéricos queimavam ossos de animais para se aquecerem devido ao frio glaciar que os privou há milhares de anos do uso da madeira como combustível, defende um estudo de peritos espanhóis.

Para chegarem a esta conclusão, investigadores da Universidade do País Basco analisaram sedimentos de diferentes períodos pré-históricos das jazidas de Labeko Koba (Guipúzcoa), Esquilleu (Cantábria) e Coimbre (Astúrias).

A par de sedimentos enegrecidos pelo fogo, os especialistas encontraram restos de ossos de animais, como bisontes e cabras, queimados.