Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Prisão domiciliária para suspeito de atear incêndio florestal em Gondomar

Homem foi apanhado a atear um novo foco de incêndio com um isqueiro.
Correio da Manhã 3 de Agosto de 2022 às 11:23
Incendiário
Incendiário FOTO: Getty Images
Foi detido um homem de 40 anos, suspeito de atear incêndios florestais em Zebreiros, Foz de Sousa, no concelho de Gondomar. 

O suspeito foi detido pela Unidade Especial de Proteção e Socorro (UEPS). através do Posto de Intervenção Proteção e Socorro (PIPS) de Vale de Cambra.

O homem que foi apanhado em flagrante delito, foi encontrado pelas autoridades no local do incêndio, agachado e a atear um novo foco de incêndio com um isqueiro na mão. Foi entregue aos militares da guarda do Posto Territorial de Medas. 

No decorrer das diligências, foi possível apurar que o incêndio consumiu cerca de 50 hectares de terreno. 

O homem permaneceu detido nas instalações da GNR e foi presente na passada segunda-feira ao Tribunal de Instrução Criminal do Porto, sendo-lhe aplicada a medida de coação de prisão domiciliária.
Gondomar Socorro Vale de Cambra crime lei e justiça questões sociais
Ver comentários