Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Prisão efectiva para suspeito no processo 'Noite Branca'

Foi esta terça-feira condenado, pelo Tribunal de São João Novo, no Porto, um dos principais suspeitos pela morte de um segurança no processo ‘Noite Branca’. Mauro Santos recebeu uma pena de cinco anos e três meses de prisão efectiva num caso relacionado com tráfico de droga.
11 de Agosto de 2009 às 17:31

O Tribunal condenou ainda dois co-arguidos do processo, Dário Abrunhosa e Adriano Ribeiro, a penas de prisão suspensas, no primeiro caso de cinco anos e no segundo de quatro anos e meio.

Luísa Marcanjo, advogada de Mauro Santos, anunciou que vai recorrer do acórdão para o Tribunal da Relação do Porto.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)