Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Privados vão procurar ouro em 620 quilómetros quadrados em Angola

Lusa 3 de Abril de 2015 às 09:22

O Governo angolano aprovou dois contratos de investimento para procurar vários metais preciosos, nomeadamente ouro, na província de Cabinda, ao longo de 620 quilómetros quadrados (km2), segundo autorizações governamentais a que a Lusa teve hoje acesso.

A informação consta de dois despachos de 23 de março, assinados pelo ministro da Geologia e Minas, Francisco Queiroz, e envolvem a concessionária nacional do setor, a empresa pública Ferrangol, e duas sociedades privadas.

O primeiro contrato de investimento mineiro, com uma duração inicial de cinco anos e envolvendo os direitos relativos à exploração de "metais nobres" como ouro, prata e platina, é feito com a Sociedade Mineradora Buco-Zau.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)