Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Procura pelas Obrigações do Tesouro ultrapassa 2 mil milhões

Valor médio aplicado ronda os 16 mil euros. 94% dos investidores são portugueses.
28 de Novembro de 2016 às 17:35
Notas
Notas FOTO: Getty Images
A terceira emissão de Obrigações do Tesouro direcionada para os investidores de retalho, cujo montante ascendeu a 1,5 mil milhões de euros, foi totalmente subscrita, com a procura a ultrapassar os 2 mil milhões de euros.

Durante o período de subscrição para esta oferta da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP), que decorreu entre 14 e 25 de novembro, a procura das Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável "OTRV Novembro 2021" ultrapassou os 2 mil milhões de euros, segundo a informação prestada esta segunda-feira no âmbito da sessão de apuramento dos resultados desta oferta, na Euronext Lisboa.

"Após os dados apurados, verificou-se que 94% da emissão 'OTRV NOVEMBRO 2021' ficou nas mãos de investidores portugueses, ou seja, cerca de 90 mil investidores, enquanto os restantes 6% foram adquiridos por investidores estrangeiros residentes em Portugal, destacando-se as nacionalidades francesa, suíça, angolana e alemã", informou a gestora da bolsa portuguesa.

Já o valor médio aplicado relativo às ordens inseridas rondou os 16 mil euros.

"Esta emissão foi a maior Oferta Pública de Subscrição de sempre realizada com obrigações, no sistema de centralização da Euronext Lisbon, tendo sido processadas cerca de 92 mil ordens válidas no total", destacou a entidade.

As Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável (OTRV) representativas da emissão "OTRV NOVEMBRO 2021" pagam um juro semestral variável e igual à Euribor a 6 meses acrescida de 2%, com uma taxa de juro mínima de 2% (Taxa Anual Nominal Bruta).

Esta emissão vence a 30 de novembro 2021. O BPI, o Banco Comercial Português (BCP), o Caixa Banco de Investimento (Caixa BI) e o Novo Banco foram os organizadores e coordenadores globais desta emissão.

O montante global inicial previsto para colocação destas OTRV foi fixado em 500 milhões de euros, mas após a forte procura verificada, que ultrapassou largamente este valor no primeiro dia de subscrição, o IGCP decidiu triplicar o montante para um total de 1,5 mil milhões de euros.
Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública IGCP obrigações tesouro procura
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)