Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Provedor do inquilino municipal do Porto surpreendido com pedidos de casa devido a despejos

Lusa 14 de Março de 2015 às 10:11

Os pedidos de casa devido a despejos iminentes foram a maior surpresa com que o provedor do inquilino municipal do Porto se deparou desde que em outubro chegou ao cargo, criado pela primeira vez pela atual maioria camarária.

"O que me espantou mais, até porque estava longe de imaginar, foi a questão dos despejos. Que, ainda por cima, estão aqui a surgir muito sobre a hora [do despejo], fazendo-nos sentir um bocadinho impotentes", revelou José Lopes Batista, admitindo ser "muito diminuta" a percentagem de inquilinos municipais que o procuram desde há quatro meses.

Em entrevista à Lusa, o padre de 67 anos, que durante 27 morou num bairro social, defende que a atribuição de casas camarárias seja feita com acompanhamento social e sugere à Câmara a criação de um gabinete jurídico para ajudar munícipes iletrados a decifrar documentos.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)