Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Provedora de Justiça recebeu mais de cinco queixas por dia por causa de pensões

Lusa 25 de Outubro de 2019 às 16:39

Os atrasos no pagamento das pensões continuam a motivar queixas à provedora de Justiça, que recebeu, em média, cinco queixas por dia e 1.445 até final de setembro, mais 56,5% do que em todo o ano de 2018.

De acordo com dados oficiais, enviados à agência Lusa, desde o início do ano e até ao dia 30 de setembro, a provedora de Justiça, Maria Lúcia Amaral, recebeu 1.445 queixas motivadas por atrasos no pagamento de pensões várias, o que significa, em média, 161 queixas por mês e mais de cinco por dia.

"A título de comparação, no ano de 2018 haviam sido recebidas 923 queixas, quase quatro vezes mais do que em 2017", refere a assessoria de imprensa.