Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Providência cautelar contra novo patrocinador da Liga

O futuro provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), Rui Cunha afirmou, esta sexta-feira, subscrever na íntegra o comunicado emitido pela instituição no qual denuncia a ilegalidade do acordo de patrocínio assinado entre a Liga de Clubes e a empresa de apostas ‘Betandwin.com’.
19 de Agosto de 2005 às 12:21
O ex-secretário de estado socialista garante que, se a ilegalidade ficar confirmada, não hesitará em avançar com uma providência cautelar no sentido de suspender o acordo.
Em declarações à rádio TSF, o sucessor de Maria José Nogueira Pinto à frente dos destinos da SCML considerou o comunicado emitido pela instituição “correcto”, embora frise que não ter ainda “elementos que me permitam dizer se o acordo é ou não legal”.
No entanto, caso se venha a confirmar a ilegalidade, o deputado socialista garante que não terá dúvidas em falar com “a tutela no sentido de que sejam accionados dispositivos como, por exemplo, uma providência cautelar, para impedir a ilegalidade”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)