Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Próximo Presidente terá de fazer pontes em ciclo de provável instabilidade

Marcelo Rebelo de Sousa frisou que não cabe ao chefe de Estado "ter um programa de Governo ".
Lusa 24 de Junho de 2015 às 16:12
O antigo líder do PSD Marcelo Rebelo de Sousa
O antigo líder do PSD Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Hugo Rainho

O antigo líder do PSD Marcelo Rebelo de Sousa afirmou esta quarta-feira temer um ciclo de instabilidade política, com sucessivos governos minoritários, e defendeu que o próximo Presidente da República terá de saber fazer pontes entre ideias diferentes.

Neste quadro, deixou um conselho à coligação PSD/CDS-PP e ao PS: "Não tenham vergonha de pedir maioria absoluta, e expliquem porque é que querem maioria absoluta". Se não resultar, "que se preparem os dirigentes partidários" para futuros entendimentos, recomendou.

Durante um almoço-debate no Clube Militar Naval, em Lisboa, o professor universitário e comentador político não quis falar da possibilidade de vir a ser candidato presidencial, mas apontou como papel principal do próximo Presidente "fazer pontes", e frisou que não cabe ao chefe de Estado "ter um programa de Governo ".

PSD Marcelo Rebelo de Sousa Presidente da República chefe de Estado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)