Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

PS e CDS-PP tentaram afastar Souto Moura

Dirigentes do PS e do CDS dialogaram sobre a hipótese de afastar Souto Moura à frente da Procuradoria Geral da República (PGR). Os dois partidos pretendiam substituir o actual procurador pelo jurista Rui Pereira (ex-director do SIS e secretário de Estado nos Governos do PS, e actual presidente da unidade de missão que estuda a reforma das leis penais).
19 de Novembro de 2005 às 11:33
A notícia, que é avançada este sábado pelo jornal ‘Expresso’, revela que escutas telefónicas feitas no âmbito do ‘caso Portucale’ surpreenderam conversas entre altos dirigentes e figuras do PS e do CDS, visando a demissão do procurador-geral da República, Souto Moura.
Segundo conta aquele jornal, José Sócrates propôs ao Presidente da República, mais do que uma vez e em termos informais, a substituição de Souto Moura (cujo mandato só termina em Outubro de 2006), mas Sampaio declinou sempre - e chegou a ter uma conversa com Souto Moura, em finais de Maio, informando-o disso mesmo.
As escutas em causa foram feitas ao telefone de Abel Pinheiro (dirigente do CDS e arguido no caso) e nelas surgem, entre outros, o ex-líder do CDS, Paulo Portas, Fernando Marques da Costa, conselheiro do Presidente da República, e o próprio Rui Pereira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)