Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

PS responsabiliza anterior Governo

O PS responsabilizou esta quinta-feira o anterior Governo PSD/CDS-PP pela actual polémica em torno dos exames nacionais, culpando a reforma curricular introduzida em 2004 pelos maus resultados alcançados em algumas provas, como Química e Física.
20 de Julho de 2006 às 18:53
“Os resultados mostram a irresponsabilidade da decisão tomada pelo Governo PSD/CDS-PP”, afirmou a deputada socialista Manuela de Melo na Assembleia da República, alegando que o facto de terem coexistido exames relativos a programas novos e a programas antigos em 16 disciplinas colocou os estudantes em condições de desigualdade.
Para o PS, a excepção criada pelo Ministério da Educação (ME) para os estudantes que realizaram na primeira fase os exames relativos aos novos programas de Química e Física, que lhes permite repetir as provas e concorrer com a melhor das notas obtidas à primeira fase de acesso ao ensino superior, é apenas a solução encontrada para “minorar as consequências de uma decisão tomada por um ministro do PSD”.
Num debate aceso na Assembleia da República, também a ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, justificou a polémica decisão do ME com a necessidade de “mitigar as desigualdades a que os alunos estavam sujeitos”.
Segundo a responsável, o Ministério estava alertado para as dificuldades sentidas pelas escolas na aplicação dos novos programas das disciplinas, “devido à sua homologação tardia", mas decidiu aguardar pelos resultados das provas, divulgados na semana passada, para tomar uma decisão”.
De acordo com as notas, 80 por cento dos alunos que realizaram a primeira fase do exame de Química (programa novo) tiveram negativa, o mesmo acontecendo com 70 por cento dos estudantes que fizeram a prova de Física, resultados que duplicaram a taxa de reprovação às duas disciplinas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)