Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Socialista dizem que população ativa cai pelo 15.º mês

PS afirma ainda que o crescimento é metade do previsto.
Lusa 31 de Agosto de 2015 às 16:39
Mário Centeno é o coordenador do cenário macroeconómico socialista
Mário Centeno é o coordenador do cenário macroeconómico socialista FOTO: LUSA

O PS considerou esta segunda-feira que o crescimento da economia portuguesa estimado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) é metade do valor previsto pelo Governo e que pelo 15.º trimestre a população ativa está a diminuir.

"O INE confirmou hoje que no segundo trimestre de 2015 o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 1,5 por cento. Os portugueses, empresários e trabalhadores, estão de parabéns, mas este valor é metade do previsto pelo Governo e acontece após um período de enorme sofrimento para a economia" portuguesa, declarou Mário Centeno.

Já sobre a redução da taxa de desemprego para 12,1 por cento, Mário Centeno contrapôs que "o mercado de trabalho voltou a encolher".

"Entrámos no 15.º trimestre em que a população ativa cai, uma redução de 0,5 por cento em termos homólogos", sustentou o coordenador do cenário macroeconómico socialista.

Na conferência de imprensa, Mário Centeno, doutorado por Harvard e quadro do Banco de Portugal, aproveitou também os dados do INE para criticar o modelo seguido pela economia portuguesa, referindo que a procura interna teve um contributo de 3,4 pontos percentuais, enquanto as exportações líquidas baixaram 1,9 pontos percentuais.

"Estes números refletem o falhanço da coligação de direita [PSD/CDS] na transformação estrutural da economia portuguesa. Uma política sem rumo e que não conseguiu trazer de volta o investimento e a confiança ao país", defendeu também Mário Centeno.

PS Mário Centeno dados INE crescimento desemprego
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)